BUPi regista novo recorde de RGGs mensais

O Balcão Único do Prédio (BUPi), registou, em agosto, cerca de 12.000 Representações Gráficas Georreferenciadas (RGG) iniciadas pelos Técnicos Habilitados.
01 set 2021, 14:18




Terreno com terra lavrada e cultivo

Dos 32.439 processos iniciados desde o início da fase de expansão do sistema de informação cadastral simplificado e do Balcão Único do Prédio (BUPi), em fevereiro, 11.898 RGGs foram feitas apenas durante o mês de agosto, pelos 72 municípios que se juntaram à plataforma, representando 37% da totalidade de RGGs iniciadas até à data e um aumento de 10% face ao mês anterior.Pombal, um dos municípios que aderiu ao BUPi na fase de expansão, em junho deste ano, mantém-se comprometido com o processo de georreferenciação e regista o 1º lugar, com o maior número de georreferenciações iniciadas (666 RGGs) este mês.Os municípios da região centro, nomeadamente da CIM da Região de Coimbra, são os que registaram mais RGGs. Figueira da Foz, Cantanhede e Coimbra, a que se junta o município de Vila de Rei e Pombal, somaram 21% do total de RGG iniciadas este mês.No total, foram 11 os municípios a entrar no BUPi durante o mês de agosto, ascendendo, agora, a 72 o número de municípios que operacionalizam o cadastro simplificado e a 310 o número de técnicos habilitados que promovem os processos de georreferenciação de prédios rústicos e mistos omissos nos Balcões das Câmaras Municipais e online, via site BUPi.O Balcão Único do Prédio já se encontra acessível a uma população total de mais de 1 milhão e 950 mil habitantes, cobrindo uma área de 15.759 km2, nas quais se localizam mais de 4 milhões de matrizes rústicas, que representam mais de 50% das matrizes rústicas a georreferenciar durante a fase de expansão, até 2023.Com a integração de nove novos municípios, cujas entradas já se encontram formalizadas, o BUPi chegará, em setembro, a 86 municípios do Norte e Centro do país. As restantes adesões continuarão a decorrer de forma progressiva até meados de outubro.



Partilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin