BUPi ultrapassa as 16.000 RGGs iniciadas em setembro

Os municípios da região Centro estão entre os que mais contribuíram para este número.
01 out 2021, 11:56




Terreno agrícola

O Balcão Único do Prédio voltou a registar números recorde de processos iniciados de Representação Gráfica Georreferenciada (RGG), verificando-se um aumento de 15% em relação ao mês de agosto.Dos mais de 16 mil processos de georreferenciação iniciados, este mês, pelos municípios que já operacionalizam a plataforma BUPi, mais de 2.400 foram iniciados por Cantanhede, Figueira da Foz, Pombal e Ourém. Também o município de Monção se destacou este mês, com 436 RGGs iniciadas. No total foram 14 os municípios a entrar no BUPi durante o mês de setembro, ascendendo, agora, a 86 o número de municípios que operacionalizam o cadastro simplificado.Estes números demonstram o envolvimento e apoio prestado ao BUPi pelos municípios e demais intervenientes no projeto, nomeadamente os mais de 340 técnicos habilitados que trabalham diariamente na plataforma e promovem os processos de georreferenciação nos balcões BUPi, ou online, através do site. Para agilizar a divulgação do projeto e a mobilização das populações, foi lançada, esta semana, uma campanha de comunicação a nível nacional, que terá a duração de três meses, e quem vem complementar a campanha que já está a ser operacionalizada pelos municípios aderentes, em articulação com a Estrutura de Missão para a Expansão do Sistema de Informação Cadastral Simplificado (eBUPi).Esta ação vem integrar um conjunto de outras iniciativas desenvolvidas no âmbito da expansão do cadastro simplificado e do BUPi, das quais se destaca, mais recentemente, a plataforma de e-learning que já contribuiu para certificar cerca de 60 técnicos dos 123 que se inscreveram até à data, com uma nota média de 74%.O Balcão Único do Prédio já se encontra acessível numa área em que residem mais de 2,6 milhões de habitantes, cobrindo quase 19,4 mil km2, nos quais se localizam mais de 5,4 milhões de matrizes rústicas, que representam mais de 50% das matrizes rústicas a georreferenciar durante a fase de expansão, até 2023.Com a integração de três novos municípios, cujas entradas já se encontram formalizadas, o BUPi chegará, em outubro, a 89 municípios do Norte e Centro do país. As restantes adesões continuarão a decorrer de forma progressiva.



Partilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin