Ciência de Dados: NOVA IMS reforça formação superior em área com grande défice de quadros

ciencia de dados
Na licenciatura em Ciência de Dados, os alunos serão expostos a tópicos inovadores que abrangem várias disciplinas

A NOVA Information Management School (NOVA IMS), da Universidade Nova de Lisboa, acaba de reforçar a sua oferta curricular, com o arranque em setembro de 2021 de uma nova licenciatura em Ciência de Dados, já acreditada pela A3ES.

O grande potencial da utilização de técnicas de ciência de dados para analisar vastas quantidades de dados, produzidas diariamente, tem sido limitado em Portugal e na União Europeia pela falta de profissionais devidamente qualificados.

Em 2020, a Hays apontava as Tecnologias de Informação como o setor onde as empresas portuguesas revelam ter maiores dificuldades em contratar, com os analistas de “business intelligence” e os cientistas de dados a surgir em primeiro plano. Este estudo, que inquiriu 3259 profissionais qualificados e 793 empregadores, concluiu ainda que 33% dos profissionais do setor foram aumentados no ano anterior e 62% recusaram ofertas de emprego, e antecipa uma forte pressão salarial nesta área, fruto da falta de talentos disponíveis no mercado.

Licenciatura em Ciência de Dados é pioneira

“O objetivo principal da nossa nova Licenciatura em Ciência de Dados é treinar futuros profissionais capazes de entender, desenvolver e utilizar modelos, algoritmos e as técnicas mais avançadas em matéria de ciência de dados, para analisar e extrair conhecimento do “Big Data”. Neste curso, os alunos serão expostos a tópicos inovadores que abrangem várias disciplinas (aprendizagem automática, aprendizagem profunda e inteligência artificial) e que são imprescindíveis para enfrentar a rápida evolução registada na ciência de dados”, explica Roberto Henriques, Subdiretor e Presidente do Conselho Pedagógico da NOVA IMS.

Para Pedro Saraiva, Diretor da NOVA IMS, “os desenvolvimentos registados recentemente e que vão marcar as próximas décadas, centrados na digitalização, “big data”, inteligência artificial, “data science” ou indústria 4.0, para citar apenas alguns, tornam a formação nesta área essencial para uma grande diversidade de aplicações industriais e para o favorecimento da transição digital das empresas. Esta nova licenciatura é pioneira em muitos dos seus contornos e permite alargar a oferta de licenciaturas disponibilizadas pela NOVA IMS, que contempla igualmente os cursos de Gestão de Informação, Sistemas e Tecnologias de Informação”.

Veja aqui mais informações sobre a Licenciatura em Ciência de Dados e outras licenciaturas da NOVA IMS.

LEIA TAMBÉM: Projeto português junta cientistas de dados de todo o mundo para resolver problemas do milénio

A NOVA Information Management School (NOVA IMS) é a escola de Gestão de Informação e Ciência de Dados da Universidade Nova de Lisboa. Dedica-se à conversão de dados em valor (“From Data to Value”), através de um vasto conjunto de atividades de ensino, investigação e projetos com empresas ou em parceria com outras instituições. A qualidade da sua formação é reconhecida globalmente, através de diferentes acreditações, nacionais e internacionais, e posições de destaque alcançadas nomeadamente no ranking Eduniversal (seis dos seus mestrados e pós-graduações reconhecidos entre os melhores do mundo nas respetivas áreas).

A NOVA IMS possui mais de 30 anos de experiência acumulada no tratamento e análise de dados, que agora coloca ao serviço da transformação digital e dos ambientes de “Big Data” em que vivemos, nomeadamente através de um amplo conjunto de laboratórios (NOVA ANALYTICS LABS powered by NOVA IMS). Conta hoje com mais de 2700 alunos, provenientes de mais de 70 países diferentes, e elevados níveis de internacionalização em todas as atividades que desenvolve a partir de Lisboa para o mundo.

Informações adicionais para órgãos de comunicação social:

Marta Marques Silva

Consultora de Comunicação

F5C – First Five Consulting

Tel.:  210322500

Fax:  210322539

Tlm:  932956538

[email protected]

Partilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin