Diferenças entre o Café Arábica e o Café Robusta | OPINIÃO – *Rodrigo Araújo

Para iniciar no universo do café é importante saber que existem duas principais espécies de plantas que dão origem aos grãos: a coffea arábica, que dá origem ao chamado Café Arábica, e a coffea canephora, que dá origem ao Café Robusta (ou Conilon). A partir dessas duas espécies são gerados vários tipos de café, mas neste artigo vamos focar apenas no Arábica e no Robusta.







Apesar dos dois tipos de cafeeiro serem bastante diferentes, ambos resultam na mesma bebida e crescem em zonas tropicais de países da Ásia, África e América.

Mas vamos aos principais pontos de diferença entre os dois tipos de café:

1 – O NÍVEL DE CAFEÍNA

Enquanto o Café Arábica concentra de 0,8% a 1,4% de cafeína em seus grãos, o Café Robusta vai de 1,7% até impressionantes 4%, fazendo a alegria dos “Caffeine Lovers”.

2 – TEOR DE AÇUCAR

No Café Arábica ele vai de 6% a 9%, muito mais que no Café Robusta, que fica entre 3% e 7%, apenas.

3 – TEOR DE ÓLEOS ESSENCIAIS

Mais uma vez, o Café Arábica sai na frente com médias de 15% a 17%, contra os 10% a 12% do Café Robusta. Essa vantagem justifica os aromas mais intensos e marcantes das espécies do Arábica.

4 – CARACTERÍSTICAS SENSORIAIS

O Café Arábica apresenta sabores e aromas distintos, adocicados e suaves, além de um maior nível de acidez. Já o Café Robusta tem sabores e aromas constantes, amargos e marcantes, além de um corpo mais intenso.

5 – CARACTERÍSTICAS DO PLANTIO

As mudas do Café Arábica são cultivadas a uma altitude de 800m a 1.400m, em regiões de temperaturas mais amenas para se desenvolverem melhor.

As mudas do Café Robusta são cultivadas em altitudes de até 800m, em regiões de clima mais quente e úmido para se desenvolverem melhor.

6 – CARACTERÍSTICAS DA LAVOURA

As plantas do Café Arábica são mais sensíveis e sujeitas a pragas e intempéries devido ao formato triangular. Os cafeeiros exigem mais cuidados para garantir a qualidade dos grãos.

As plantas do Café Robusta são mais resistentes e de característica mais rústica. Florescem mais de uma vez por ano, crescem mais rápido e têm maior resistência a parasitas.

7 – CARACTERÍSTICAS DA COLHEITA

A colheita do Café Arábica é seletiva e, geralmente, manual. Nas plantações maiores, que exigem uma colheita mecanizada, as safras passam por um processo de  beneficiamento para seleção dos grãos. É um café de maior valor agregado e tem o seu preço mais elevado.

A colheita do Café Robusta não é seletiva. Nos lotes há mistura de grãos verdes e maduros, gravetos, cascas e outros grãos com imperfeições/defeitos. É um café de menor valor agregado e tem o seu preço mais barato.

VISÃO GERAL

Atualmente, o Café Arábica é o mais produzido no mundo com 2/3 da produção mundial. Também é o mais consumido, pois sua espécie gera uma maior variedade de grãos, com aromas e sabores distintos e de qualidade.

Com 1/3 da produção mundial, o Café Robusta também produz bebidas de qualidade, sobretudo com os avanços da agricultura nos últimos anos. Seus grãos, geralmente, são utilizados na composição de blends que resultam em ótimos cafés.

Agora que sabes um pouco mais sobre esses dois tipos de café, experimente ambos na sua house coffee preferida. Peça ao barista para preparar seu café com grãos 100% Arábica e depois prove um café com blend Robusta. Sinta a diferença de aromas e sabores e repita o que mais lhe agradar.

Até a próxima semana.

*Rodrigo Araújo é jornalista e entusiasta do café de especialidade.

Partilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin