Energias renováveis: painéis solares surgem cada vez mais como a luz ao fundo do túnel

energias renovaveis
Energias renováveis: quando tem energia excessiva, ela pode ser vendida à rede de distribuição para que outras pessoas possam dela beneficiar…

O tema das energias renováveis é um tema que está bastante presente nos dias de hoje. Muitas são as propostas apresentadas, quer seja ao nível da energia residencial, ao dizerem que a energia é verde, mas também ao nível político quando se pedem descontos ou isenção de impostos para quem utiliza certo tipo de energias.

Ao nível político, é sem dúvida o PAN o partido que mais tem focado a sua agenda nas energias renováveis, uma vez que é uma força política que se preocupa com a natureza. Mas, independentemente da visão política de cada um, já percebemos que as energias renováveis são o futuro, uma vez que recorrer a outro tipo de energias fósseis que efetivamente façam dano ao nosso planeta a longo prazo é algo que nenhum ser humano vai querer.

Por isso, é preciso considerarmos que, assim como existem campanhas para a poupança de água, existem também algumas dicas sobre poupança de energia que todos podemos aproveitar e pequenos gestos que permitem um uso energético mais eficiente.

Painéis solares

Se é uma pessoa com uma vivenda ou um terreno, aproveite para instalar painéis solares. Estes painéis capturam a energia do sol, convertem a energia para um formato que pode ser “lido” pelo seu contador da eletricidade, e alimentam a sua casa através do poder do sol.

Por outro lado, quando tem energia excessiva, ela pode ser vendida à rede de distribuição para que outras pessoas possam dela beneficiar. Uma das empresas mais conhecidas neste setor é a Goldenergy, que, além de ter painéis solares, também vende eletricidade para o mercado residencial.

Luzes económicas e medição de potência

Se não tem acesso a painéis solares, pode ainda poupar energia de uma outra forma, utilizando luzes económicas, que ão vendidas em qualquer local (supermercado, loja de eletricidade, etc.). A vantagem destas luzes é que consomem menos energia. Ou seja, se escolher uma luz que tenha uma eficiência energética A, pelo menos, até pode parecer que esta compra vai ficar mais cara, mas ao longo do tempo de vida da luz que comprar, vai inequivocamente poupar na sua conta de eletricidade.

LEIA TAMBÉM: SF6: próximo passo no caminho para a energia limpa passa pela eliminação do hexafluoreto de enxofre

Se tiver um contador inteligente, pode encontrar nas diversas opções que o mesmo tem a potência máxima que consumiu nos últimos 30 dias. E, depois, em virtude dessa informação, pode ponderar alterar a sua potência do contador junto do seu comercializador. Desta forma, com uma potência menor, consegue poupar algum dinheiro em eletricidade.

Por outras palavras, se não tem ar condicionado no verão, mas no inverno costuma ligar o aquecedor, fará sentido no verão avaliar a possibilidade de reduzir a sua potência temporariamente.

Procurar o melhor preço

O mercado liberalizado de eletricidade permite a qualquer pessoa alterar o seu contrato de eletricidade para outro fornecedor. Desta forma, existem várias promoções que são dadas aos clientes para estes usufruírem de descontos mais baratos.

Consulte outros fornecedores de energia, e confirme se por acaso o preço que tem e que está a pagar por kw e pelo acesso à rede é o mais barato que consegue obter.

Partilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin