INMLCF terminou 2022 com redução histórica de pendências

O Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses terminou o ano de 2022 com uma redução histórica do seu número de pendências, atingindo uma diminuição de atrasos superior a 90 por cento face ao final de 2016.
24 jan 2023, 19:05




Gráfico de pendências

Trata-se de um resultado assinalável, tendo em conta que, já no final de 2021, o INMLCF registara o número mais baixo de pendências desde a sua criação, há duas décadas: 85%.O INMLCF tem previsto um investimento de 3,7 milhões de euros no âmbito do PRR, que será canalizado, essencialmente, para a modernização e aquisição de mais equipamentos de imagiologia, para a realização de autópsias virtuais, e para projetos transversais, com vista à digitalização e interoperabilidade de informações e procedimentos. 



Partilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin