Lisbon Playground: o primeiro evento de Grime e Trap em Portugal

lisbon playground

O Lisbon Playground é um novo evento que traz a Portugal alguns dos mais reconhecidos artistas da cultura urbana, nacionais e internacionais. Decorre a 5 de novembro no espaço Lx Factory, uma referência dentro da expressão criativa urbana e contemporânea. A expectativa é grande para aquele que é o primeiro evento do género em território nacional, antecipando-se uma forte adesão quer de público das grandes cidades portuguesas, quer internacional, num festival com uma identidade jovem, criativa, arriscada e inovadora.

Trata-se de um festival em que um dos géneros musicais mais populares do momento – o hip hop e os seus subgéneros grime, drill e trap – sobem a palco, acompanhando as novas tendências e reunindo uma tribo jovem adulta, que procura novas experiências e formas únicas e alternativas de se expressar. O Lisbon Playground apresenta a estreia de alguns nomes em festival, como os britânicos NAFE SMALLZ, BACKROAD GEE e BLANCO, referências dentro daqueles que são os géneros musicais mais populares do momento. Os portugueses CINTIA, COOKIE JANE, PULLA e DJ MASKARILHA fazem também parte do cartaz. A par da música, o Lisbon Playground oferece um programa de atividades paralelas, a revelar brevemente.

Artistas confirmados no Lisbon Playground

NAFE SMALLZ

Nafe Smallz nasceu Nathan Adams, em Luton, no Reino Unido, em 1996. É um dos mais afluentes nomes da cena britânica de trap.

Afirmou-se com o tema “What do you mean” na Link Up TV. Tem editado com OZONE Music, uma label de referência no género musical. Editou mixtapes aclamadas pelo público e crítica, como “Movie Music” e “Goat World”.

Já colaborou com artistas como Chip, M Huncho e D-Block Europe. Faz agora a sua estreia em Portugal.

BACKROAD GEE

BackRoad Gee é um poliglota. Fala quatro idiomas e é, ainda, fluente em onomatopeias nos seus raps.

Os seus compassos e refrões barulhentos são estrondos e guturais, em torno de tiques e estalos agudos. Ele muda agilmente dos sons que nascem na rua para efeitos sonoros de chocalho de língua, e volta para um canto gutural que não deslocado num púlpito.

“Party Popper”, o sucesso de BackRoad que chegou em 2020, o melhor exemplo da sua versatilidade e inteligência. Um disco aclamado dentro do seu género.

BLANCO

Joshua Eduardo mais conhecido como Blanco, é um rapper britânico vindo de Kennington, sul de Londres. Ele é amplamente conhecido como um membro do icônico coletivo do UK Drill Harlem Spartans.

Começou a ganhar notoriedade ao lado do grupo em 2016 através de singles como “Call Me A Spartan”, “Kennington Where It Started” e “Kent Nizzy” – faixas nas quais cimentou ativamente o grupo como um dos mais influentes coletivos de Drill do Reino Unido.

Depois de uma carreira solo em constante crescimento nos Harlem Spartan, Blanco refinou suas habilidades de rap mostrando que ele pode fazer mais do que apenas UK Drill, aventurando-se nos géneros Trap e Afroswing, aperfeiçoando sua cadência lenta e Jogo de palavras Anime, este último no qual inspirou seu EP de estreia English Dubbed, lançado em novembro de 2019.

Blanco lançou sua mixtape de estreia completa a ser lançada em agosto de 2021 intitulada “City of God” que foi muito aclamada pela crítica.

CINTIA

Cíntia Nicole Correia, conhecida apenas por Cíntia, é uma jovem compositora e intérprete de 18 anos nascida e criada na Apelação em Loures.

Foi em 2017, com apenas 16 anos, que se interessou verdadeiramente pela música. Tudo começou ao ser desafiada por um amigo para entrar em estúdio e criar um novo tema. A partir daí, o bichinho da música começou a crescer em si e nunca mais parou.

Influenciada desde muito cedo por nomes como Força Suprema e J Hus, a artista tem vindo a dar cartas no Afro Swing.

Apesar de contar ainda com uma carreira curta, com apenas 3 singles, Cíntia soma mais de 50 mil seguidores no Instagram, 30 mil ouvintes no Soundcloud, 30 mil ouvintes no Spotify e mais de 10 mil subscritores no Youtube. O seu single “Grana” já alcançou mais de 1 Milhão de visualizações no Youtube.

Esta jovem promessa vai continuar a trazer uma nova sonoridade à música portuguesa com novos temas e vários concertos já agendados.

COOKIE JANE

Podemos afirmar com confiança que Cookie Jane é hoje uma das vozes emergentes mais interessantes a brotar do mundo hiper-masculinizado do hip hop, com o provam singles como Trudumtumtum e LUCY.

O carisma que Cookie Jane tem revelado nas suas canções são reflexo de uma relação profunda e longínqua com a música. “Desde pequena que sempre tive vontade de fazer música porque era a minha zona de conforto.

Quando não tinha palavras para me expressar, dava play em algum som que expressasse aqui que estava a sentir. Hoje, posso dar play em algo meu”, afirma.

A versatilidade, os ritmos e a energia do hip hop fizeram-na querer fazer parte dessa cultura, assumindo como referências artistas incontornáveis como Lauryn Hill, Aaliyah, Missy Elliott, “entre outras mulheres super talentosas e criativas, Black Queens que me inspiram a não deixar cair a minha coroa”.

PULLA

Nascido em 1988 , Pulla o mais novo de seus irmãos cresceu no bairro do viso , concelho do Porto . Estudou nas escolas do viso até acabar o mais tarde os estudos no ensino secundário Fontes Pereira de Mello. A sua infância nunca foi propriamente fácil e infelizmente aos seu 18 anos, idade em que além de terminar estudos já tinha vários problemas com a justiça!

Através do seu contacto com o mundo da criminalidade, que acabou por definir em parte a sua vida , Pulla encontrou na música o seu escape é uma forma de poder se libertar de certo modo! Até que aos 27 decide seguir seriamente a sua visão artística começando o seu trajeto musical com o nome que lhe foi atribuído em Angola durante a sua infância um nome com algum poder cultural Pulla!

DJ MASKARILHA

DJ Maskarilha começou como bedroom DJ em 97, motivado pela cultura Hip Hop recriada em tinta de spray e pelo som dos bombos e tarolas no vinil.

Amante de Vinil, Scratch e Grati, canaliza as suas inspirações para a criação de sets energéticos ao vivo e para a produção musical em estúdio, sendo apontado como um dos melhores DJ ́ s nacionais.

Mestre na fusão de estilos, usa as suas técnicas de Turntablism e scratch para viajar pelos mais diversos géneros musicais com base no Hip Hop, Dance Hall, R&B, Trap, Grime, Afro, Reggae, Funk e Bass Music.

No final de 2017 junta-se ao Rapper Kappa Jotta como seu DJ Oficial em turnês com quem trabalha até à data, e em 2019 junta-se a Rapper Chong Kwong para tomarem de assalto alguns dos maiores palcos nacionais, Nos Alive, Meo Sudoeste e Festival Iminente.

No início do ano de 2020 é nomeado DJ do Ano pela plataforma HipHopSouEu. Atualmente encontra-se a gravar Video Mixes e a produzir o seu 1o EP em nome próprio.

Os primeiros bilhetes para o Lisbon Playground, a preço early bird, (com descontos significativos) estão já disponíveis na Ticketline e locais habituais.

Mais Informações e pedidos de entrevistas: 

João Pinho – 934 049 032  [email protected]

Partilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin