Mediador imobiliário: salário médio de 2.500 euros por mês, horário flexível e bom plano de carreira

O mercado imobiliário em Portugal continua aquecido. Para se ter uma ideia do volume de negócios no setor, a imobiliária ERA, uma das maiores em atividade no país, anunciou durante sua convenção anual, que 2021 deve fechar como o melhor ano desde sempre. De janeiro a setembro, a empresa registrou avenda de 8.738 imóveis, num valor total de cerca de1,2 mil milhões de euros. Isso representa um aumento de 33,5% face ao período homólogo.

Diante deste cenário, a profissão de mediador imobiliário ganha ainda mais relevância no mercado português. É ele o responsável por grande parte do protocolo, desde o primeiro contacto para as angariações, passando pela divulgação da oferta dos imóveis, até a mediação de compra e venda. Ou seja, o mediador imobiliário é quem faz acontecer os negócios entre vendedores e compradores.

“A mediação imobiliária é uma profissão que está em crescimento em Portugal, acompanhando o mercado nacional. É uma atividade dinâmica, para quem gosta de desafios, além de ser muito bem remunerada”, comenta o gerente comercial da ERA Figueira da Foz Marina, Fernando Dias.

De acordo com o executivo, a ERA Figueira da Foz – Marina está a ampliar sua equipa de colaboradores. “Nosso mercado imobiliário está tão aquecido que nossa agência já está a recrutar novos colaboradores para reforçar a equipa. Nossas perspetivas para 2022 são as melhores e precisamos estar preparados para um ano que deve ser realmente muito bom em Portugal”, avalia.

Fernando Dias explica que, para exercer a atividade de mediador imobiliário, não é necessário uma autorização específica, pois essa certificação só é exigida às agências. “O necessário é ter facilidade de comunicar, simpatia e uma boa capacidade de entender as necessidades do cliente que busca um imóvel, elevado sentido ético e de compromisso. Não precisa ter experiência nesta área de actividade, até porque aqui na ERA Figueira da Foz Marina damos toda a formação necessária para nossa equipa de profissionais”, afirma.

Outro atrativo para esta atividade é a questão salarial. A média dos rendimentos depende muito do empenho do profissional, mas, em resumo, o mediador imobiliário consegue gerar rendimento de três formas: angariação de novos clientes, venda direta do imóvel e a venda por parte da equipa. “Em todos os três casos, os ganhos são por comissões, que podem variar de empresa para empresa. O sistema de trabalho também é diferente em cada empresa. Ou seja, há diferenças que fazem com que a ERA seja o lugar mais adequado ao seu perfil profissional”, comenta Fernando Dias.

Então, com a formação profissional adequada e a vontade de conquistar um espaço neste mercado que só cresce em Portugal, você estará apto a abraçar uma nova atividade na sua vida e, acima de tudo, ajudar as pessoas a realizarem o sonho de ter a própria casa para além de se realizar profissionalmente.

*Para maiores informações sobre as vagas para integrar a equipa da ERA Figueira da Foz Marina: E-mail – figueiradafoz@era.pt e telefone – 233408010.

Partilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin