Novo RINGANA Campus já está 100% em operação

A RINGANA Crew já está 100% instalada no novo RINGANA Campus em St. Johann in der Haide. O edifício estabelece novos padrões, tanto em termos de sustentabilidade como de orientação para os colaboradores. O principal ponto é a produção de alta tecnologia com uma capacidade diária que chega aos 30.000 kg, dez misturadores e 17 linhas de engarrafamento. O Campus também conta com o único refeitório da Áustria onde todos os dias se cozinham pratos frescos exclusivamente vegetarianos e veganos.

Tudo começou em 2017, quando surgiram os primeiros pensamentos numa nova localização. Em cooperação com a ATP architekten ingenieure, um grande escritório austríaco de arquitetura, realizou-se um estudo de viabilidade. Uma análise abrangente da localização levou ao terreno em St. Johann in der Haide, local onde hoje se encontra o RINGANA Campus. Após uma fase de planeamento que demorou cerca de dois anos, o início da construção aconteceu finalmente em novembro de 2019. 18 meses mais tarde, o edifício foi inaugurado por Andreas Wilfinger e Ulla Wannemacher, os dois fundadores e CEO da RINGANA.

O projeto-modelo na Estíria totaliza uma área de 25.500 metros quadrados, o equivalente a cerca de três campos e meio de futebol. Madeira de carvalho clara, betão exposto, materiais naturais, couro vegano e plantas: estes são os materiais predominantes no RINGANA Campus. O preto e o branco são as cores dominantes em termos visuais.

“O novo RINGANA Campus é um projeto-piloto que combina interesse económico, proteção ambiental e responsabilidade social. As dimensões do RINGANA Campus ofuscam todas as outras localizações que tivemos até agora. Estas novas capacidades que alcançámos permitem-nos satisfazer o aumento da procura e estar à altura do crescimento. Além disso, abrem-se novas possibilidades para continuarmos a promover a nossa internacionalização. Ao mesmo tempo, mantém-se o valor acrescentado na região, permitindo-nos assim dar um importante contributo para a economia local. É com orgulho que mostramos que também é possível ter sucesso a nível internacional fora dos centros urbanos”, revela Andreas Wilfinger.

“Desfrutámos muito desde a fase de planeamento e de construção, porque conseguimos ver que estava a surgir algo incrível neste espaço. E agora todos os dias temos a possibilidade de ver o quão bem se sentem os nossos colaboradores, clientes, parceiros e convidados neste local! Isso é o mais belo nisto e revela que fizemos muitas coisas bem”, acrescenta Ulla Wannemacher.

Mas ainda não se fala na finalização, isto porque na parte traseira há outro elemento a ganhar forma. “Um edifício destes nunca está terminado, vai crescer com as nossas exigências e com a nossa forte expansão”, afirma Andreas Wilfinger.

Sustentabilidade

A nova construção integra-se de forma natural à paisagem. O edifício foi incorporado progressivamente na natureza para evitar movimentos de terras. Por conseguinte, os três elementos do edifício encontram-se em diferentes níveis.

O planeamento e a execução ocorreram em conformidade com inúmeros elementos ecológicos:

Assim, o telhado verde com cerca de 9500 m2 destina-se à retenção de águas pluviais com o objetivo de reduzir as necessidades de refrigeração do edifício.

Os sistemas fotovoltaicos em todos os telhados visam a produção de energia para os sistemas de aquecimento e de arrefecimento. Os sistemas fotovoltaicos cobrem mais de metade das necessidades energéticas próprias, 750 megawatts hora por ano, o que corresponde ao fornecimento de eletricidade de 170 agregados familiares médios na Áustria durante um ano.

O RINGANA Campus é o maior projeto geotérmico da Áustria. Em toda a superfície foram feitos 160 orifícios com 120 metros de profundidade. Isso significa que se ativa todo o corpo terrestre onde se encontra o Campus: por um lado, para arrefecer e, por outro, para aquecer.

Com o auxílio de bombas de calor, podemos adaptar-nos ao ciclo natural ao longo do ano. No verão, beneficiamos da frescura da Terra. A energia térmica é devolvida à Terra, onde fica armazenada, sendo depois novamente utilizada no inverno para o aquecimento.

A limpeza dos sistemas também é efetuada de acordo com os aspetos ecológicos. Os designados sistemas Cip limpam as máquinas clinicamente por dentro com ácidos e soluções alcalinas que se juntam depois à água salgada, que segue para a canalização sem problemas. Através de uma solução sustentável, entra na estação local de tratamento de águas residuais através de uma instalação de neutralização.

Naturalmente, a empresa também aposta em tecnologia ecológica em termos de mobilidade. No total, há 20 estações de carregamento disponíveis para automóveis elétricos, das quais duas são estações de carregamento rápido.

No RINGANA Campus encontra-se o primeiro e único refeitório da Áustria, onde todos os dias se cozinham de pratos exclusivamente vegetarianos e veganos. No “ring(lunch)” utilizam-se, principalmente, produtos regionais.

Manufatura e alta tecnologia

As instalações de produção são o elemento central do Campus. Além de processos com um elevado grau de automatização, há ainda muitos que continuam a ser feitos à mão. Isso deve-se à frescura dos produtos: a frescura requer muitos lotes pequenos, que são produzidos aqui tal como na manufatura.

As máquinas de produção são modelos personalizados provenientes de Itália e da Alemanha que foram concebidos em função das necessidades do único fabricante de cosméticos à base de produtos frescos em todo o mundo. A produção tem uma capacidade diária que chega aos 30.000 kg. Dez misturadores e 17 linhas de enchimento estão à disposição dos 57 produtos diferentes da RINGANA que existem atualmente.

Um local para pessoas

No planeamento do RINGANA Campus, os colaboradores foram postos em primeiro plano. A existência de espaços luminosos, a presença de luz diurna onde possível e a integração na natureza foram aspetos muito importantes para Andreas Wilfinger e Ulla Wannemacher.

O ambiente de escritório aberto foi concebido assim de forma a permitir que o espaço sirva para repouso e para fases comunicativas de trabalho. Os postos de trabalho estão equipados de forma funcional, as mesas são ajustáveis em altura para permitir uma postura perfeita no local de trabalho; as cabines de descanso permitem conversar tranquilamente, as salas de reunião e as cafeterias com atendimento proporcionam um ambiente de bem-estar sem igual.

Partilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin