Patchwork: A arquitectura de Jadwiga Grabowska-Hawrylak patente no i3S

patchwork

Patchwork é o título da exposição itinerante que estará patente no Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto (i3S) entre 8 de outubro e 11 de dezembro. A mostra, que estará aberta ao público em geral entre as 10h e as 12h e entre as 15h e as 18h, reflete o trabalho da arquiteta polaca Jadwiga Grabowska-Hawrylak, responsável por um trabalho genial de patchwork que deu uma nova unidade ao «tecido rasgado» da cidade de Wrocław no pós-guerra.

Organizada pelo Museu de Arquitetura de Wrocław (Breslávia), em cooperação com o Instituto Adam Mickiewicz e financiada pelo Ministério da Cultura e do Património Nacional da República da Polónia, «Patchwork» apresenta 24 obras construídas e não construídas (ou especulativas) de Grabowska-Hawrylak. Após uma apresentação em Nova Iorque, no Center for Architecture, em 2019, e em Lisboa, em 2021, a exposição chega agora ao Porto, mais especificamente ao i3S, numa colaboração da Contentor e Conteúdo-Associação com a Universidade do Porto.

No átrio do i3S, está erguida uma maquete com quase seis metros de altura do enorme e escultural complexo habitacional de Wrocław, popularmente e internacionalmente conhecido como «Manhattan». Concluído em 1976, o emblemático projeto tornou-se num símbolo das aspirações daquela cidade polaca e é a obra mais famosa da arquiteta.

Com uma extensa carreira que abrange grande parte da segunda metade do século XX, encontramos nesta exposição projetos de Grabowska-Hawrylak que descrevem um arco temporal de 1954 a 1993. Da participação na reconstrução de Wrocław aos desenhos modernistas dos anos 1960-70 e à estética pós-moderna que adota nos seus trabalhos mais tardios, nos anos 1980-90, a obra da arquiteta reflete as sucessivas mudanças culturais e políticas da Polónia. O seu corpo de trabalho também inclui muitos exemplos de desenho excecional: escolas dos anos 1950, um edifício maisonette com apartamentos duplex na baixa da cidade ou um centro urbano futurista, entre outros.

Esta retrospetiva evidencia o extenso e precursor trabalho da arquiteta — pela sua genialidade e afirmação enquanto mulher numa área dominada por homens, — e, ao mesmo tempo, abre as portas à história de Wrocław, uma cidade que, outrora, foi a maior metrópole dos territórios orientais da Alemanha e que, em 1945, foi concedida à Polónia, com o fim da Segunda Guerra Mundial.

Apesar das mudanças nas tendências da arquitetura, este patchwork costurado em Wrocław permanece até hoje uma das suas facetas mais interessantes, e continua a ocupar um lugar importante no imaginário coletivo de quem habita e visita a cidade. «Cada edifício conta uma história. Ao longo de cinco décadas, o Museu de Arquitetura de Wrocław apresentou essas histórias de forma consistente, num esforço para compreender o que é preciso para fazer boa arquitetura e como a arquitetura é influenciada pela vida e vice-versa», afirmam os curadores da exposição, Michał Duda e Małgorzata Devosges Cuber.

Biografia da mulher por trás da Patchwork

Jadwiga Grabowska-Hawrylak (1920 – 2018)

Conhecida como uma ícone da arquitetura do pós-guerra, celebrava em 2020 o seu 100º aniversário em Outubro, dos quais sobreviveu 98 anos. Corajosa e independente, foi a primeira arquiteta mulher formada na sua alma mater. Apesar dos tempos difíceis do pós-guerra na Polónia socialista, criou uma arquitetura que se destacou à escala europeia. Foi autora de edifícios com funcionalidades transparentes e arrojadas, tanto em termos de expressão plástica, como de estrutura. Mulher ativa e ambiciosa, concretizou a visão de uma cidade moderna, modernista, extraordinária e aberta, através dos seus projetos. A Manhattan da Breslávia foi reconhecida como uma das obras europeias mais importantes do século XX. Foi distinguida com o título de uma das 100 arquitetas mais importantes do século passado, pela MoMoWo (Women’s Creativity Since the Modern Movement). 

Para mais informações

Luísa Melo

[email protected]

Partilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin