Tecnologia LiDAR em destaque na fase de expansão do BUPi

O potencial da tecnologia LiDAR para a fase de expansão do cadastro simplificado e do BUPi permite adicionar uma nova camada de contexto à plataforma, entre outras vantagens.
18 mai 2021, 14:51




Sessão “Da Informação do Território à Decisão Estratégica em Fogos Rurais”

Decorreu na passada sexta-feira a sessão “Da Informação do Território à Decisão Estratégica em Fogos Rurais”, organizada pela Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF), pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e pela ForestWISE, com o objetivo de apresentar o projeto Plataforma Interoperável do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais (SGIFR) e os resultados do voo LiDAR em sete territórios piloto.Pedro Tavares, coordenador da Estrutura de Missão para a Expansão do Sistema de Informação Cadastral Simplificado (eBUPi), interveio na mesa redonda da sessão, onde apresentou as potencialidades desta tecnologia para a aceleração do cadastro simplificado, e demonstrou, através de um vídeo, algumas das diferentes aplicações da LiDAR para o conhecimento do território, nomeadamente como camada adicional de informação na plataforma BUPi e o contributo que pode dar na resolução de conflitos resultantes de sobreposições de estremas.Ainda na fase piloto do projeto, que decorreu entre 2017 e 2018, o BUPi fez uso de tecnologias inovadoras, nomeadamente algoritmos dedutivos de machine learning que sugeriram a localização das matrizes a partir de informação já carregada na plataforma, o que permitiu a aceleração significativa do processo de identificação das propriedades, resultando em mais de 50% de área conhecida dos 10 municípios piloto, em apenas 12 meses.Com a fase de expansão do BUPi, na qual já entraram 30 municípios dos 141 em adesão até final deste trimestre, “a adoção de novas tecnologias e metodologias inovadoras para adquirir mais informação sobre o território terá ainda mais importância”, de acordo com Pedro Tavares.



Partilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin